A empresa de turismo alemã TUI disse ontem que acertou a venda da sua unidade de logística Hapag-Lloyd, especializada em transporte marítimo de contêineres, para um consórcio de investidores, por 4,45 bilhões. O consórcio de investidores inclui Klaus-Michael Kuehne, acionista majoritário da companhia de logística suíça Kuehne + Nagel, a cidade de Hamburgo, onde fica a sede da Hapag-Lloyd, e o banco M.

M. Warburg.

"Nós recebemos, apesar de todo o cenário financeiro adverso, um preço justo pela unidade", disse o presidente do conselho da TUI, Michael Frenzel. A Hapag-Lloyd opera hoje mais de 130 navios de transporte de contêineres. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.