A americana Alcoa voltará a ser nº 1 mundial do setor de alumínio, assumindo 100% do capital do produtor norueguês Elkem Aluminium ANS, após encerrar seu vínculo com o grupo norueguês Orkla, informou a empresa em nota divulgada nesta segunda-feira.

A Alcoa terá, com isso, capacidade anual de produção de alumínio primário superior a 4,7 milhões de toneladas.

A da atual nº 1, a russa Rusal, chega a 4,2 milhões.

De acordo com a nota, a Alcoa obterá 50% do capital da Elkem Aluminium que ainda não dispunha, em troca de sua participação de 45% no grupo especializado SAPA.

fga/tt/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.