Brasília, 11 mar (EFE).- O presidente da Alcoa América Latina, Franklin Feder, garantiu hoje que o grupo mantém seu ambicioso plano de investimentos no setor de alumínio do Brasil, que contempla a quantia de US$ 8 bilhões até 2010.

Feder se reuniu com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a quem disse ter manifestado o "otimismo" que o grupo sente em relação à economia deste país, apesar da queda de 3,6% do Produto Bruto Interno (PIB) no quarto trimestre do ano passado.

Os investimentos planejados pelo grupo são destinados, principalmente, à construção de novas unidades, que se somariam às seis que já possui no país.

Feder afirmou que a Alcoa mantém seus planos de expansão no Brasil, apesar do forte impacto que a crise internacional teve no alumínio, que, explicou, tem hoje "o menor preço registrado nos últimos 50 anos".

Mesmo assim, tentou transmitir otimismo e disse que a Alcoa está "convencida de que a crise passará, por isso se decidiu manter os investimentos, principalmente os planejados a longo prazo". EFE ed/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.