Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Alcatel-Lucent revela prejuízo líquido de quase 4 bilhões de euros

SÃO PAULO - A empresa do setor de telecomunicações Alcatel-Lucent teve um prejuízo líquido de 3,89 bilhões de euros no quarto trimestre, puxado por baixas contábeis no valor de ativos intangíveis da empresa. Os dados, que foram divulgados há pouco pela companhia, mostram ainda que, no acumulado do ano passado, a Alcatel-Lucent teve um prejuízo líquido de 5,21 bilhões de euros.

Valor Online |

Os resultados foram piores do que os registrados no ano anterior, quando a empresa teve um lucro de 2,57 bilhões de euros no quarto trimestre e 3,61 bilhões de euros em todo o ano.

Nos resultados ajustados, que excluem os efeitos não-caixa das baixas contábeis, o prejuízo líquido dos últimos meses do ano passado foi de 1,32 bilhão de euros, enquanto o do ano inteiro foi de 1,59 bilhão.

Em termos de receita, a empresa registrou 4,95 bilhões de euros no último trimestre, sendo que em todo o ano este valor ficou em 16,98 bilhões de euros. Já no valor ajustado, a receita apresentou uma queda de 5,4% no quarto trimestre com relação ao mesmo período do ano passado, sendo que no acumulado do ano ante 2007, a queda foi de 4,5%.

"Esta queda da receita no ano passado é amplamente atribuída às flutuações do câmbio", explicou em nota Ben Verwaayen, diretor-executivo da Alcatel.

Nos três meses finais de 2008, o lucro operacional do período alcançou 156 milhões de euros, enquanto no acumulado do ano, a empresa registrou um prejuízo operacional de 56 milhões.

As despesas com a baixa no valor contábil de ativos intangíveis foram os principal fator de pressão sobre os resultados da empresa. Somente no quarto trimestre do ano passado, a companhia contabilizou 3,91 bilhões de euros com este custo, enquanto no ano inteiro, o gasto chegou a 4,7 bilhões de euros.

"A amortização de ativos, que teve efeitos severos sobre nossos resultados, foi necessária diante da drástica deterioração do cenário econômico global, principalmente durante o quarto trimestre", afirmou Verwaayen no documento.

Para 2009, a companhia prevê que o mercado de equipamentos de telecomunicação, bem como o de serviços relacionados ao setor decresça de 8% a 12%, dado um câmbio constante. Diante disso, "a companhia continua a projetar um resultado operacional sem lucro, nem prejuízo neste ano", informou a empresa.

A Alcatel-Lucent nasceu da fusão entre a francesa Alcatel e a norte-americana Lucent, em dezembro de 2006, envolvendo a soma de 8,7 bilhões de euros.

(Vanessa Dezem | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG