VIENA (Reuters) - O ajuste da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) ao novo teto de 28,8 milhões de barris por dia, determinado na terça-feira, significa uma queda na produção atual de cerca de 500 mil bpd, disse o secretário-geral do cartel, Abdullah al-Badri, nesta quarta-feira. Ele também afirmou que um diálogo mais próximo entre a Opep e a Rússia não deve afetar os países consumidores.

A Rússia regularmente comparece às reuniões da Opep como observadora e disse que quer aumentar a cooperação com o cartel.

(Por Alex Lawler)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.