SANTIAGO, 23 de março (Reuters) - A demanda por aviões na América Latina crescerá um pouco mais que 5 por cento ao ano nos próximos 20 anos, com a região precisando de 1.700 novas aeronaves, afirmou nesta terça-feira a Airbus. A empresa estima ainda que terá vendas de 200 aviões na região nos próximos cinco anos, disse à Reuters, Rafael Alonso, vice-presidente da Airbus para América Latina e Caribe.

O executivo afirmou ainda que a América Latina apresentará um tráfego aéreo "extraordinário" nos próximos cinco anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.