Tamanho do texto

A Casa Branca disse hoje que não espera fazer nenhum anúncio mais tarde ou amanhã sobre um possível plano para resgatar a indústria automotiva do país. O governo avalia maneiras de ajudar de forma emergencial a General Motors e a Chrysler.

As duas montadoras disseram que poderão ficar sem caixa em algumas semanas se não receberem ajuda do governo. A Ford Motor afirmou que tem liquidez suficiente para se manter operando em 2009, mas também pediu uma linha de crédito ao Congresso dos EUA.

Na sexta-feira, o Senado dos EUA rejeitou a proposta de oferecer US$ 14 bilhões em empréstimos de emergência às montadoras.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.