A seguradora americana AIG, que recebeu ajuda do governo dos Estados Unidos em setembro, e o grupo financeiro Unibanco anunciaram na quarta-feira à noite o fim de seus vínculos no Brasil, depois de 11 anos de associação.

O Unibanco comprará as ações das filiais da AIG na Unibanco AIG Seguros S.A. (UASEG) e uma filial da AIG fará o mesmo com as ações que o Unibanco possui na AIG Grasil.

As condições financeiras da transação não foram divulgadas pela AIG, que escapou da falência graças a uma ajuda de 152 bilhões de dólares concedida pelo Estado e se comprometeu a ceder parte de seus ativos no acordo.

Durante o período de associação entre os dois grupos, a UASEG - que será rebatizada Unibanco Seguros - aumentou sua participação no mercado brasileiro de seguros de 1% a 8%. Os 1.600 funcionários da empresa permanecerão em seus postos.

A AIG Brasil seguirá trabalhando com a Unibanco Seguros em setores como resseguros e seguros para empresas.

A AIG, que há alguns meses era a maior seguradora a nível mundial, está presente no Brasil há mais de 60 anos.

fga/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.