SÃO PAULO - A Agência Internacional de Energia (AIE) revisou para baixo sua estimativa de demanda por petróleo em 2009, diante dos efeitos que a crise econômica vem tendo sobre o consumo de combustíveis e derivados. A perspectiva é de uma queda de 0,6% na demanda global por óleo cru, após baixa de 0,3% em 2008.

A última vez em que a demanda caiu por dois anos consecutivos foi entre 1982 e 1983.

O consumo mundial deve ficar em 85,3 milhões de barris por dia em 2009, segundo a AIE. Essa previsão é 1 milhão de barris menor do que a anterior. Para o cálculo, a entidade considerou expectativa de crescimento de 1,2% na economia global.

Os países industrializados, integrantes da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), devem consumir 46,3 milhões de barris por dia, previsão 530 mil barris menor do que a de antes. Para os emergentes, a IEA cortou a estimativa em 480 mil barris diários, a 38,9 milhões. Ainda assim, esse número representa um aumento de 1,8% na demanda neste ano.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.