Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

AIE considera o barril de petróleo ainda caro a US$ 110

A 100 ou 110 dólares, o barril de petróleo continua caro, afirmou nesta sexta-feira o diretor-geral da Agência Internacional de Energia (AIE), Nobuo Tanaka, que pediu à Opep (Organização dos países exportadores de petróleo) a manter sua produção inalterada na reunião da próxima semana.

AFP |

"Os preços começaram a se estabilizar, mas a 100 ou 110 dólares, o preço do petróleo ainda está elevado", declarou Tanaka, em entrevista ao canal France 24 que será difundida na noite desta sexta-feira.

Além disso, o chefe da AIE indicou que a longo prazo os investimentos são insuficientes para aumentar as capacidades de produção ao ritmo do aumento da demanda mundial.

"Em 2009, o mercado pode voltar a ficar tenso", destacou.

Sendo assim, ele pediu aos países membros da Opep, que vão se reunir em Viena na próxima semana, para manter inalterada sua produção, enquanto alguns membros do cartel começam a falar em queda da produção para conter a queda dos preços.

"Se a Opep mantiver sua produção, o mercado pode melhorar e os preços também", disse.

O barril de Brent está operando em baixa em Londres nesta sexta-feira, em torno de 105 dólares.

ved/lm

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG