Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

AIE: biocombustíveis impedem alta maior do petróleo

A crescente produção de biocombustíveis está ajudando a impedir que os preços de petróleo subam ainda mais rapidamente, disse o diretor-executivo da Agência Internacional de Energia (AIE), Nobuo Tanaka. Falando no Congresso Mundial de Petróleo, Tanaka afirmou que, sem o atual aumento na produção de biocombustível, os preços do petróleo estariam ainda mais altos.

Agência Estado |

Ontem, porém, Chakib Khelil, presidente da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), disse que a produção de biocombustível era parcialmente culpada pelos preços crescentes do petróleo. Para Tanaka, os biocombustíveis estão se tornando cada vez mais importantes no fornecimento de energia e caminham para ser competitivos no mercado. Em particular, o etanol, produzido da cana-de-açúcar, já é competitivo no mercado, disse ele.

Mas Tanaka acredita que a indústria de biocombustível é restringida pela disponibilidade de terra, falta de infra-estrutura e atual economia de produção. A AIE estima que a produção futura de biocombustível irá totalizar 1,95 milhão de barris por dia até 2013, principalmente devido à expansão da indústria de etanol nos EUA. "É a segunda geração de biocombustível que é a mais importante para o futuro", disse Tanaka. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG