Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

AIE: alta de alimentos deve reduzir produção de etanol

A produção mundial de biocombustíveis deve alcançar 1,35 milhão de barris por dia em 2008, segundo a Agência Internacional de Energia. O número foi revisado para baixo em relação ao levantamento de maio, que apontava a produção em 1,5 milhão de barris diários.

Agência Estado |

Apesar da queda na projeção, a produção de biocombustíveis este ano deve ultrapassar a estimativa para 2007, que foi de 1,06 milhão de barris por dia. A revisão para baixo é resultado da redução na produção em países europeus e asiáticos, onde as misturas obrigatórias estão sendo questionadas ou retiradas.

"A alegação de que a demanda por matérias-primas para a produção de biocombustíveis tem elevado os preços dos alimentos e questionamentos sobre os benefícios ambientais desse tipo de combustível levaram muitos países a reconsiderarem as misturas existentes ou planejadas, e também os subsídios", disse a agência.

No entanto, a entidade acredita que a produção de biocombustíveis irá crescer para 1,95 milhão de barris por dia até 2013, devido principalmente à expansão da indústria de etanol norte-americana.

De acordo com a IEA, apesar da previsão de forte crescimento no curto prazo, a indústria de biocombustíveis é restrita por fatores que incluem disponibilidade de terra, infra-estrutura, habilidade dos veículos em aceitar misturas maiores e fatores econômicos que envolvem a produção. Enchentes que atingiram os Estados Unidos em junho também podem reduzir a produção de milho do país, gerando um impacto na produção de etanol. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG