Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Agricultura terá até R$ 5 bi nesta semana, diz Stephanes

Brasília e Porto Alegre, 13 - O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, disse hoje que o governo deve anunciar nesta semana, possivelmente na quarta-feira, a liberação de depósitos compulsórios para que os bancos privados ofereçam recursos especificamente aos produtores rurais. A liberação deve totalizar entre R$ 3,6 bilhões e R$ 5 bilhões, valor que, segundo o ministro, vai cobrir parte da demanda atual da agricultura por crédito, no momento em que as tradings restringiram os financiamentos por conta da crise financeira internacional.

Agência Estado |

O ministro acrescentou que outra medida que deve ser anunciada nesta semana é a reclassificação do risco para produtores rurais que estão adimplentes nos bancos. Com isso, informou Stephanes, os produtores terão acesso ao crédito para plantio das lavouras. Ele sinalizou que essa medida deve ser avaliada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), o que dá força aos rumores de que haveria uma reunião extraordinária do CMN na próxima quarta-feira, com medidas de apoio ao setor rural.

O ministro não descartou a possibilidade de que outras medidas sejam tomadas posteriormente. "Essas duas medidas não esgotam a discussão", afirmou o ministro. Sobre o pedido de apoio às tradings, com uma política de oferta de dólares com o compromisso de recompra, o ministro disse que "por enquanto, esse assunto saiu da pauta de discussão". Diante da insistência dos repórteres sobre a linha de crédito para tradings, Stephanes lembrou que em determinadas áreas do País as quatro últimas safras foram muito boas. Ele ponderou, no entanto, que há um problema no Centro-Oeste, mas que o assunto está sendo analisado pelo governo.

O ministro ressaltou que a liberação de R$ 5 bilhões favorece a agricultura. "O governo quer que o pessoal plante e, por enquanto, eles estão plantando". Stephanes não quis se aprofundar na análise do pedido de alongamento do prazo para pagamento da dívida de investimento dos produtores rurais que soma cerca de R$ 5 bilhões. "Vamos aguardar a próxima quarta-feira", disse ele. A dívida vence amanhã e o pedido é de prorrogação do pagamento para 30 de maio de 2009.

O ministro fez essas declarações após reunião com o presidente da Comissão Nacional de Cereais, Fibras e Oleaginosas da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), José Mário Scheiner, que saiu do encontro dizendo que o setor rural precisa de R$ 20 bilhões para concluir o plantio da safra atual.

Trigo

O Banco do Brasil informou hoje que foram liberados R$ 50 milhões para a contratação de Empréstimos do Governo Federal (EGFs) de trigo no Rio Grande do Sul. Com o recurso, produtores, cooperativas ou indústrias podem financiar a estocagem do cereal. Conforme o BB, foram liberados R$ 190 milhões em EGF para todo o País. A taxa de juros é de 6,75% ao ano e o limite é de R$ 400 mil por produtor.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG