Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Agrenco recebe outra oferta de compra, mas continua negociando com Louis Dreyfus

SÃO PAULO - A Agrenco, empresa do agronegócio brasileiro com sede nas Bahamas, informou hoje ao mercado que recebeu ontem, 8 de julho, uma oferta de compra por parte da Noble Brasil. A companhia adiantou, porém, que vai continuar negociando com o grupo francês Louis Dreyfus Commodities (LDC), com quem já assinou um Memorando de Entendimentos pelo qual a Agrenco transferirá seu controle acionário ao LDC em troca de uma operação de capitalização.

Valor Online |

Segundo fato relevante encaminhado hoje pela Agrenco à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a oferta da Noble é substancialmente equivalente à da LDC e tem validade de sete dias. Com o surgimento do concorrente, porém, a Louis Dreyfus comprometeu-se a confirmar a transação dentro de dois dias úteis - ou seja, até sexta-feira -, sem exigir o cumprimento de todas as condições pedidas antes. A ausência de realização de oferta pública de aquisição para os acionistas da Agrenco, por exemplo, não é mais condicionante para fechar o negócio.

Agora, a LDC quer apenas a aprovação integral dos acionistas da Agrenco e autoridades regulatórias, o fim da due diligence (auditoria), a assinatura de contratos definitivos e a inexistência de uma mudança adversa relevante . Se essas condições forem cumpridas, a LDC promete elevar o capital social da Agrenco Holding em US$ 33,521 milhões imediatamente após o prazo de dois dias úteis.

Uma vez que a proposta da Noble exigiria, entre outros pontos, um novo memorando de intenções e uma due diligence de 30 dias na Agrenco, e considerando ainda que, a Agrenco deve negociar com a LDC em boa fé , o Conselho de Administração decidiu continuar as negociações com a LDC pelos próximos dois dias úteis.

O Noble Group é uma trading de commodities com sede em Hong Kong. Atua no Brasil há quase 20 anos, no financiamento e comércio de produtos agrícolas, com destaque para a exportação de café e soja.

(Valor Online e Valor Econômico)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG