Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Agnelli diz que negociação com Xstrata não é prioridade da Vale

RIO - O diretor-presidente da Vale, Roger Agnelli, afirmou hoje que as negociações para aquisição da anglo-suíça Xstrata não são a prioridade da mineradora brasileira que, segundo ele, pretende se concentrar no crescimento orgânico. Agnelli confirmou que a Vale fez uma proposta indicativa pela concorrente e explicou que entre os entraves encontrados na negociação estão alguns princípios que, para a Vale, são inegociáveis.

Valor Online |

Matéria publicada hoje no jornal Valor Econômico informa que a Glencore, principal acionista da Xstrata estaria tentando condicionar a negociação à sua atuação como negociadora da Vale para alguns produtos. A mineradora brasileira tem por hábito negociar diretamente com os clientes.

Segundo Agnelli, a Xstrata traria boas sinergias para a Vale, principalmente em carvão metalúrgico, carvão térmico, cobre e níquel. Neste último, a anglo-suíça tem áreas de mineração vizinhas à Vale Inco, no Canadá.

Já chegamos ao nosso limite (na negociação), agora depende deles, frisou Agnelli, durante entrevista sobre os resultados da companhia em 2007, ano em que a mineradora lucrou R$ 20 bilhões.

Agnelli não confirmou qual o valor da proposta indicativa apresentada pela Vale. O executivo se limitou a dizer que nenhuma das projeções veiculadas pela imprensa acertou o alvo.

(Rafael Rosas | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG