SÃO PAULO - A Agência Internacional de Energia (AIE) reviu novamente para baixo sua previsão de demanda mundial de petróleo para 2009, para 84,4 milhões de barris diários. A mudança na estimativa, que antes era de 84,7 milhões de barris diários, decorreu aos efeitos da atual crise econômica na Ásia, Rússia e Estados Unidos. A previsão mais recente representa uma diminuição de 1,5% perante o consumo de 2008.

A AIE também aproveitou para reduzir ligeiramente sua previsão para o preço do petróleo neste ano e no próximo.

Para a agência, o barril do produto ficará em média em US$ 42 em 2009 e em US$ 53 em 2010. Um mês atrás, o organismo esperava um preço médio de US$ 43 e US$ 55, respectivamente.

"A contração da economia global continua deprimindo a demanda de energia", declarou a AIE no documento divulgado nesta sexta-feira.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.