Paris, 22 abr (EFE).- O espaço aéreo francês está aberto hoje, mas a Direção Geral da Aviação Civil (DGAC) advertiu que a atividade nos aeroportos ainda será reduzida, e aconselhou os passageiros a se informar com as companhias aéreas sobre seus voos.

Paris, 22 abr (EFE).- O espaço aéreo francês está aberto hoje, mas a Direção Geral da Aviação Civil (DGAC) advertiu que a atividade nos aeroportos ainda será reduzida, e aconselhou os passageiros a se informar com as companhias aéreas sobre seus voos. A DGAC indicou em comunicado que, segundo suas previsões, o aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, terá cerca de 75% de sua operação, enquanto o de Orly, o segundo em importância da capital, vai operar com 50% de sua capacidade. No resto dos aeroportos franceses a porcentagem de voos ficará entre 50% e 70% da movimentação normal. No Charles de Gaulle, os principais problemas eram hoje pelas conexões com algumas cidades britânicas e do norte da Europa. Com estas previsões, parece difícil que se cumpra o anúncio do ministro da Ecologia, Jean-Louis Borloo, que na terça-feira disse que a repatriação dos franceses presos em aeroportos de diversos pontos do planeta poderia estar concluída na noite de hoje. EFE ac/mh
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.