Funcionários de terra da Aerolíneas Argentinas (AA) e Austral interromperam suas atividades nesta sexta-feira no aeroporto metropolitano de Buenos Aires em protesto contra a agressão de passageiros a um supervisor da AA depois do cancelamento de alguns vôos.

A medida deixou centenas de passageiros bloqueados no aeroporto de Jorge Newbery (zona norte), de onde partem vôos para o interior da Argentina e países vizinhos como Brasil e Uruguai.

Segundo fontes do sndicato, um grupo de passageiros agrediu um supervisor em um balcão da AA depois que a empresa anunciou o cancelamento de três vôos.

lt/rs/cn/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.