Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Advogado de acionistas diz que sentença sobre Fortis afeta a Holanda

Bruxelas, 14 dez (EFE).- O advogado belga Mischael Modrikamen, que representa mais de 2 mil acionistas do Fortis contrários à divisão da entidade, advertiu hoje que a sentença que anula as decisões que levaram à fragmentação do grupo também se aplica à venda dos ativos na Holanda ao Estado holandês.

EFE |

Segundo Haia, a decisão do Tribunal de Apelação de Bruxelas, que suspende as medidas adotadas pela direção do Fortis em outubro não pode ser aplicada ao Estado holandês, regulado por seu próprio corpo jurídico.

As medidas do Fortis incluem a venda à Holanda de todo o negócio do grupo nesse país, nacionalização por Bélgica e Luxemburgo da maior parte do negócio bancário e de seguros, e posterior venda da maior parte do BNP Paribas.

A corte de apelação de Bruxelas deu na sexta-feira passada a razão ao grupo de minoritários representados por Modrikamen, ao considerar que os acionistas deviam ter sido consultados sobre essas decisões.

Em entrevista na televisão pública, o advogado deixou hoje claro que, ao contrário do que o Governo holandês defende, a sentença do Tribunal belga afeta a operação de venda dos ativos holandeses, inclusive mesmo que já tenha sido completada a transação.

O advogado considerou que a decisão judicial abre várias possibilidades para o futuro do Fortis, que vão desde continuar sua atividade com todos os ativos que tinha antes da divisão, deixá-lo só com o negócio de seguros ou transformá-lo em um grande banco. EFE epn/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG