A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu prorrogar para as 18 horas desta sexta-feira, dia 16, o prazo para depósito de garantias dos interessados em participar do leilão da usina hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu (PA). A informação foi dada hoje pelo diretor-geral da Aneel, Nelson Hubner.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu prorrogar para as 18 horas desta sexta-feira, dia 16, o prazo para depósito de garantias dos interessados em participar do leilão da usina hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu (PA). A informação foi dada hoje pelo diretor-geral da Aneel, Nelson Hubner. O prazo venceria amanhã, às 18 horas. "Houve uma série de solicitações e como isso não interfere no cronograma do leilão, a Aneel aceitou", afirmou Hubner, antes de iniciar a reunião pública da diretoria da agência.<p><p>Porém, permanece inalterado o prazo das inscrições para os consórcios interessados no leilão, previsto para amanhã, às 18 horas. Ainda não está certo se a Aneel divulgará os nomes dos inscritos antes do depósito das garantias. Os consórcios que participarão da disputa terão de fazer o depósito em valor equivalente a 1% do preço total do empreendimento, orçado em R$ 19 bilhões. <p><p>Hubner disse ainda que espera a participação de dois a três consórcios e que embora o preço-teto da tarifa de energia da usina de R$ 83 por megawatt/hora esteja "bem restrito", ainda há espaço para deságio. "Um empreendimento desse porte atrai dois, no máximo três consórcios. A expectativa é de que tenha dois consórcios mais fortes", disse.
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.