Os preços futuros do açúcar registraram forte queda ontem na bolsa de Nova York. Os contratos mais negociados, para maio, fecharam com desvalorização de 2,87%, cotados a 23,70 cents/lb, oscilando perto do menor patamar em 11 semanas.

O clima de pessimismo no mercado, diante das preocupações com o desemprego nos Estados Unidos e a crise da Grécia, pressionou praticamente todas as commodities. Além disso, o açúcar devolve os ganhos acumulados ao longo de janeiro, quando bateu o recorde de 29 anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.