As vendas no comércio paulistano subiram na primeira quinzena de abril. Pesquisa da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) divulgada hoje registra alta de 12,4% no total de consultas ao Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), que mede as vendas a prazo na capital paulista.

As vendas no comércio paulistano subiram na primeira quinzena de abril. Pesquisa da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) divulgada hoje registra alta de 12,4% no total de consultas ao Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), que mede as vendas a prazo na capital paulista. No total, foram registradas 902 mil consultas ao serviço, ante 803 mil observadas no mesmo período em 2009.

O balanço da ACSP mostra crescimento de 8,8% na primeira quinzena do mês nas consultas ao SCPC/Cheque, que mede as vendas à vista - 1,04 milhão de consultas, ante 957 mil em igual período do ano passado. Além da proximidade de eventos como Dia das Mães e Copa do Mundo, os economistas da entidade observam que a atividade comercial foi impulsionada pela oferta dos estoques beneficiados pela desoneração fiscal do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

Os analistas da ACSP creditaram a alta ainda às mudanças bruscas de temperatura na primeira quinzena do mês, as quais favoreceram as vendas de vestuário de moda outono-inverno. "Beneficiaram as vendas as liquidações de roupas para primavera-verão, bem como as roupas mais pesadas, para o período outono-inverno", explicaram.

Os economistas da entidade observaram ainda que a inadimplência do setor segue, desde o início do ano, em trajetória de queda, graças à recuperação do emprego e ao alongamento dos prazos no crediário. Os registros recebidos no período caíram 5,7% ante a primeira quinzena de 2009 e os cancelados subiram 2,3%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.