SÃO PAULO - Os contratos de juros futuros tiveram um pregão instável nesta terça-feira e no final do dia a curva ganhou uma divisão. Os curtos tiveram leve alta, enquanto os longos perderam prêmio de risco.

Antes do ajuste final de posições na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F), o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para junho de 2010 marcava estabilidade a 9,39%. Julho de 2010 ganhava 0,02 ponto, a 9,72%. E janeiro de 2011, o mais líquido do dia, também subia 0,02 ponto, projetando 11,12%. Já entre os longos, o contrato para janeiro de 2012 caiu 0,02 ponto, a 12,35%. Janeiro de 2013 cedeu 0,05 ponto, a 12,65%, e janeiro 2014 perdia 0,02 ponto, para 12,63%. Até as 16h15, foram negociados 718.000 contratos, equivalentes a R$ 63,54 bilhões (US$ 35,63 bilhões), em linha com o registrado ontem. O vencimento janeiro de 2011 foi o mais negociado, com 294.790 contratos, equivalentes a R$ 27,52 bilhões (US$ 15,43 bilhões). A formação de preço segue bastante atrelada ao cenário externo. Segundo um gestor de renda fixa que preferiu não se identificar, quanto maior o estresse na cena externa, mais o mercado acredita em uma mudança no quadro de ajuste de política monetária atual. "Se ocorrer uma piora grande lá fora, podemos ter uma diminuição do ritmo ou até mesmo uma parada na alta de juros para avaliar qual o impacto da crise na economia real", pondera o especialista. Segundo o gestor, com a divulgação do plano de 750 bilhões de euros, parece que fica restabelecido o plano de voo original, que prevê altas de 0,75 ponto percentual na Selic. Olhando agora para o mercado doméstico, o gestor acredita que o mercado está no aguardo de dados de atividade posteriores ao fim da isenção tributária e outras facilidades dadas pelo governo. Se esses números mostrarem uma acomodação da economia de forma mais rápida do que a esperada, pode se considerar um ciclo total menor de alta de juros. Na gestão do endividamento público o Tesouro vendeu 648.100 Notas do Tesouro Nacional Série B (NTN-B) do lote de 800 mil que ofertou, levantando R$ 1,22 bilhão. Em outra operação foram resgatadas 80 mil NTN-Bs a R$ 149 milhões. (Eduardo Campos | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.