LONDRES (Reuters) - As principais bolsas europeias fecharam em queda nesta segunda-feira, com os bancos britânicos exibindo as maiores perdas, por preocupações de que a Grã-Bretanha ainda esteja analisando algum tipo de taxação sobre bônus de banqueiros. O índice FTSEurofirst 300, que mede o desempenho dos principais papéis do continente, encerrou em queda de 0,48 por cento, a 1.020 pontos.

"Eu entendo que tivemos a primeira fase de um mercado mais comprador, a próxima fase vai ser um pouco difícil", disse Mike Lenhoff, estrategista da Brewin Dolphin.

"Os mercados vão ficar preocupados agora acerca de quando os bancos centrais irão mudar seu discursos sobre as taxas de juros. Isso terá uma influência negativa sobre quanto progresso esses mercados de ações podem fazer e quão sustentável ele será."

Há um receio crescente de que o juro básico possa subir antes que o esperado, após o relatório de emprego norte-americano divulgado na semana passada, que veio supreendentemente positivo.

As ações de bancos estiveram entre as de pior desempenho. HSBC, Barclays, Lloyds Banking Group e Credit Suisse recuaram entre 1,2 e 4,5 por cento.

Uma fonte do governo britânico disse à Reuters na sexta-feira que uma inesperada taxação sobre os bancos é uma opção considerada pelo ministro de Finanças Alistair Darling como forma de aumentar a receita, referente ao relatório pré-orçamentário a ser divulgado na quarta-feira.

Papéis industriais também estiveram sob pressão. Siemens perdeu 1,8 por cento, após o Morgan Stanley rebaixar a ação de overweight" (acima da média do mercado) para "equal-weight" (em linha com o mercado).

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de 0,22 por cento, a 5.310 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,57 por cento, para 5.784 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,17 por cento, a 3.840 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,6 por cento, para 22.788 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 retrocedeu 0,17 por cento, a 12.011 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 encerrou em queda de 0,47 por cento, para 8.336 pontos.

(Por Joanne Frearson)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.