Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ações europeias fecham em menor nível em 5 anos e meio

FRANKFURT - O mercado acionário europeu fechou no nível mais baixo em cinco anos e meio nesta segunda-feira, por temores de declínio da economia global.

Reuters |

Mas as ações da Volkswagen decolaram depois de a Porsche ter aumentado sua participação no grupo. O principal índice de ações européias FTSEurofirst 300 fechou em queda de 1,65%, a 816 pontos - o fechamento mais baixo desde maio de 2003.

O índice alemão DAX foi impulsionado pelas ações da Volkswagen, que dispararam 147% depois de notícias no final de semana de que a montadora de carros esportivos Porsche aumentará sua participação na VW.

As ações européias mostraram volatilidade, chegando a cair 5 por cento no começo do dia. O mercado chegou a reduzir as perdas diante de um aumento inesperado na venda de novas moradias nos Estados Unidos e comentários do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet.

"Eu considero possível que (o BCE) diminua a taxa de juro mais uma vez na próxima reunião, em 6 de novembro. Não é uma certeza, é uma possibilidade", disse Trichet em uma conferência bancária em Madri.

Tammo Greetfeld, estrategista do UniCredit em Munique, disse: "Os comentários de Trichet tiveram impacto positivo e ajudam a estabilizar o mercado".

O setor químico puxou para baixo o índice europeu, com as ações da Basf em queda de 10,9 por cento, da Clariant com recuo de 8,4% e da Wacker Chemie em baixa de 9,7%.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em queda de 0,79%, a 3.852 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 0,91%, para 4.334 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 caiu 3,96%, para 3.067 pontos. Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou em baixa de 3,50%, a 14.852 pontos.

Leia tudo sobre: ações europa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG