SÃO PAULO - As ações do Goldman Sachs recuavam quase 8% minutos atrás em Nova York depois de a agência de classificação de risco Standard & Poor´s cortar a recomendação para os papéis da instituição de"manter"para"vender".

A alteração na recomendação está relacionada com os problemas enfrentados pelo banco, como a acusação de fraude feita pela Securities and Exchange Commission (SEC). O Wall Street Journal e o New York Times deram conta nesta sexta-feira que promotores federais abriram uma investigação com relação às transações do Goldman Sachs, mas a análise está ainda em uma etapa preliminar. (Juliana Cardoso | valor, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.