Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ações do Carrefour sofrem forte queda após resultado trimestral decepcionante

Paris, 10 jul (EFE).- O Carrefour registrou hoje uma grande perda no mercado financeiro, após a divulgação de um faturamento semestral bem abaixo do esperado pelos analistas, e o anúncio de que o gigante francês do varejo acelerará seu plano de ação, principalmente para corrigir a baixa de seus hipermercados na França.

EFE |

A rede teve a pior queda do dia na Bolsa de Valores de Paris, e suas ações recuavam mais de 10% no começo da tarde, quando chegaram a cair para 30,86 euros, frente aos 34,45 euros no final do pregão de quarta-feira.

O Carrefour registrou lucro de 6,7% no segundo trimestre do ano, até alcançar 23,721 bilhões de euros, com expansão de apenas 0,5% na França (10,455 bilhões de euros).

Um dos elementos que mais chamaram a atenção dos analistas foi a queda de 0,6% nas vendas nos hipermercados da França (10,741 bilhões de euros).

Fora da França, o volume de negócios cresceu 8,2% na Espanha (7,261 bilhões de euros) e 0,9% na Itália (3,537 bilhões de euros), ao tempo que caiu 3% na Bélgica (2,279 bilhões de euros).

No total, os negócios na Europa, excluindo a França, cresceram 1%, até alcançar 17,44 bilhões de euros.

Na América Latina, houve expansão de 39,6%, para 5,793 bilhões de euros. Já na Ásia, o crescimento dos negócios foi de 8,2%, para 3,301 bilhões de euros.

O Carrefour reconheceu que as condições do mercado se deterioraram no segundo trimestre, o que fez a empresa reforçar seu "plano de ação comercial para os hipermercados na França a fim de ganhar fração de mercado no segundo semestre".

E para o total do ano, o Carrefour confia em registrar um faturamento "em linha" com o obtido em 2007. EFE ac/wr/gs

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG