sangue ao vampiro , diz Abimaq - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ações do BC para elevar liquidez dão sangue ao vampiro , diz Abimaq

BRASÍLIA - Ao tentar suprir a escassez de liquidez bancária, o Banco Central (BC) está dando sangue para o vampiro, disse o presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Luiz Aubert Neto, que participa em Brasília do 3º Encontro Nacional da Indústria. O governo deve tomar medidas duras para obrigar os bancos a voltar a liberar crédito e reduzir o custo do dinheiro, afirmou.

Valor Online |

"O governo tem tomado medidas corretas contra a crise, mas os bancos continuam represando crédito e aumentaram fortemente os juros", disse o presidente da Abimaq.

Segundo ele, com esse quadro, as perspectivas são sombrias para o setor de bens de capital em 2009. A previsão de crescimento do setor em 2008 é de 20% a 23%, com faturamento em torno de R$ 90 bilhões, sobre o ano de 2007. Mas ele não se arrisca a uma projeção para o ano que vem.

Segundo ele, se o governo não acelerar as reformas estruturais, como a tributária e a trabalhista, "dificilmente vamos repetir a criação de 250 mil empregos diretos neste ano e teremos que demitir no ano que vem". Ele ponderou que os investimentos vieram fortes neste ano e não devem refluir até dezembro. Mas alguns setores, como o de açúcar e álcool, "já estão com o pé no freio e cortando investimentos".

Leia também

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

Leia tudo sobre: abimaq crise credito

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG