O número de ações de despejo imobiliário nos Estados Unidos caiu pelo segundo mês consecutivo em setembro, 4% em relação a agosto, informou nesta quinta a empresa especializada RealtyTrac.

Com 343.638 imóveis alvo de um procedimento de despejo, a cifra representa, no entanto, um forte aumento (29%) em comparação com setembro de 2008.

Esta cifra é a pior mensal depois de julho e a agosto de 2009, e a terceira pior desde a criação da estatística em janeiro de 2005.

A mesma engloba as notificações de simples atraso no pagamento dos créditos, os anúncios de leilões e as expulsões propriamente ditas dos ocupantes.

A Califórnia (oeste) encabeça a lista de estados mais afetados com 86.337 procedimentos, seguida da Flórida (sudeste), Nevada (sudoeste) e Michigan (norte).

jbo/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.