Tamanho do texto

Lisboa, 11 mai (EFE).- As ações da companhia Portugal Telecom dispararam nesta terça-feira na Bolsa de Lisboa, e subiram mais de 12% na abertura do mercado após a rejeição da oferta da espanhola Telefónica pela Vivo, que opera no mercado brasileiro de telefonia celular.

Lisboa, 11 mai (EFE).- As ações da companhia Portugal Telecom dispararam nesta terça-feira na Bolsa de Lisboa, e subiram mais de 12% na abertura do mercado após a rejeição da oferta da espanhola Telefónica pela Vivo, que opera no mercado brasileiro de telefonia celular. Em comunicado à Comissão da Bolsa de Valores portuguesa, a Portugal Telecom informou que "recebeu da Telefónica uma oferta não solicitada, vinculativa e incondicional para a aquisição de sua participação de 50% da Brasilcel, sociedade que tem o controle da Vivo, por um valor de 5,7 bilhões de euros". A proposta da Telefónica - válida até 6 de junho -, que foi rejeitada por unanimidade pelo Conselho de Administração da Portugal Telecom, impulsionou os títulos da operadora no início da sessão da Bolsa portuguesa até crescer 12,83 %, enquanto o principal índice do mercado luso, o PSI-20, caía 0,85%. Enquanto isso, as ações da Telefónica eram as que caíam no principal indicador do mercado espanhol, o Ibex-35, com um retrocesso de 2,63%. A companhia portuguesa explicou em seu comunicado que "a Vivo é um ativo essencial para a estratégia da PT e a venda dessa participação iria contra as perspectivas de crescimento em longo prazo". EFE prl-ala-int/fm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.