Nova York, 30 mar (EFE).- As ações da General Motors (GM) caíram hoje quase 25% na primeira hora de negociações na Bolsa de Nova York, após a notícia de que o Governo dos Estados Unidos rejeitou seu plano de reestruturação.

Os títulos dessa companhia americana eram negociados a US$ 2,73, US$ 0,89 a menos que na sexta-feira.

Apesar da queda de hoje, suas ações subiram pouco mais de 36% (US$ 0,74) em março.

Os investidores de Wall Street souberam hoje da recusa do Governo americano aos planos de reestruturação que esta empresa e a Chrysler, que não cota na bolsa, apresentaram em meados de fevereiro.

As autoridades americanas deram, no entanto, um prazo de 60 dias a General Motors para que desenvolva um plano mais agressivo e uma estratégia crível para aplicá-lo. EFE vm/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.