Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ações da Alcatel-Lucent sobem com fala de CEO, apesar de 3ºtri fraco

As ações da fabricante de equipamentos de telecomunicações francesa Alcatel-Lucent operavam em forte alta na Bolsa de Paris nesta manhã, depois que o executivo-chefe da empresa, Ben Verwaayen, acalmou os investidores, preocupados com a estabilidade financeira da companhia. As declarações do executivo foram feitas após a divulgação de resultados desanimadores do terceiro trimestre deste ano.

Agência Estado |

Às 9h15 (de Brasília), as ações da Alcatel-Lucent subiam 21,12%, para 2,04 euros, na Bolsa de Paris.

Verwaayen, que assumiu o cargo no início de setembro, informou que está colocando em prática uma revisão estratégica das atividades da companhia. O executivo afirmou também que vai manter as projeções para 2008 elaborada por sua antecessora, Patricia Russo, apesar do declínio da lucratividade no terceiro trimestre deste ano.

A Alcatel-Lucent divulgou queda de 43% no lucro operacional ajustado do terceiro trimestre, para 40 milhões de euros (US$ 52,2 milhões), de 70 milhões de euros um ano antes, abaixo da média das estimativas dos analistas consultados pela Dow Jones, que apontava 99 milhões de euros. "Nossa lucratividade permanece insatisfatória", afirmou Verwaayen, afirmando que vai apresentar uma revisão das atividades do grupo em dezembro.

A empresa informou que teve prejuízo líquido de 40 milhões de euros (US$ 52,2 milhões) no terceiro trimestre, em comparação com o prejuízo de 345 milhões de euros do mesmo período do ano anterior. A receita diminuiu 6,6%, para 4,07 bilhões de euros (US$ 5,31 bilhões), mas ficou acima da projeção dos analistas, de 4,05 bilhões de euros. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG