banco ruim - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ações caem em NY com incerteza sobre banco ruim

Os principais índices do mercado norte-americano de ações seguem em baixa, mas acima das mínimas do dia, em meio a fracos indicadores econômicos e balanços corporativos negativos ao longo da semana. Além disso, as expectativas em torno da constituição de um banco ruim para compra de ativos podres das instituições financeiras nos EUA sofreram um abalo no meio da tarde, quando o colunista da rede CNBC Charlie Gasparino informou que o plano pode ser congelado ou mesmo ser abandonado.

Agência Estado |

Às 17h58 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 107 pontos, ou 1,32%, o Nasdaq recuava 22 pontos, ou 1,52%, e o S&P-500 registrava uma queda de 14 pontos, ou 1,67%.

Citando fontes, Gasparino disse que o problema com relação ao "banco ruim" é o mesmo que afundou o plano original do Programa de Alívio de Ativos Problemáticos (Tarp, na sigla em inglês), que só foi aprovado depois de passar por uma revisão, ou seja, como avaliar o valor dos ativos sem liquidez. O dilema é: se pagar muito pouco, os bancos continuarão enfraquecidos; se pagar demais, os contribuintes vão absorver o prejuízo.

De acordo com Gasparino, as negociações entre os membros da administração do presidente Barack Obama e representantes de Wall Street continuam e serão realizados nos encontros de alto nível sobre o plano, contudo, não foi agendada qualquer reunião para o final de semana.

"Os investidores espertos estão sentados de lado", disse David Henderson, presidente da Raven Securities Corporation. "Não existe muita convicção para um lado, nem para outro", acrescentou.

A semana foi de muito avanço e recuo, um mercado "sem personalidade", disse Debra Brede, presidente da D.K. Brede Investment Management Company. "Um dia você acha que o governo vai fazer algo sério para ajudar os bancos e, no dia seguinte, não é uma ideia tão boa. Os mercados odeiam incerteza e não está claro que se trate de um bom plano. Precisamos ter aqueles bancos limpos e se movendo para frente", acrescentou. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG