Os acionistas da belgo-brasileira Inbev votam amanhã a aprovação da compra da gigante americana Anheuser-Busch Cos., um acordo que criaria a maior cervejaria do mundo.

A Inbev também quer que seus acionistas apóiem um aumento de capital e a emissão de novas ações para levantar US$ 10 bilhões como parte do acordo, que foi alcançado em julho.

A Inbev afirmou que precisa de uma margem extra para cobrir qualquer flutuação significativa da moeda até que o conselho da empresa decida quantas novas ações emitir e a quais preços.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.