SÃO PAULO - A integração entre Totvs e Datasul deu mais um passo hoje. Os conselhos de administração das companhias aprovaram a junção das duas fabricantes de software de gestão (ERP) e convocaram assembléia de acionistas para o dia 19 de agosto.

O negócio acontecerá da seguinte maneira: as ações da Datasul serão incorporadas pela Makira, uma subsidiária da Totvs, e posteriormente a Makira será incorporada pela Totvs.

A proposta prevê que os acionistas da Datasul receberão R$ 480 milhões em dinheiro, correspondente a dividendos da própria companhia e ao pagamento pelo resgate de ações da Makira. Pela proposta a ser apreciada em assembléia, o pagamento dos dividendos e o resgate das ações emitidas pela Makira acontece em até 35 dias contados após a publicação da ata da assembléia.

Os acionistas da Datasul receberão uma ação ordinária e uma ação preferencial da Makira. Findo esse passo, a Makira resgatará as ações PN e pagará aos acionistas o montante de R$ 480 milhões deduzido de eventual montante distribuído a título de dividendo. Feito isso, os acionistas da Datasul, agora acionistas da Makira, vão deliberar sobre a incorporação da Makira pela Totvs. No caso de aprovação, cada ação ON da Makira resultará no recebimento de 0,15499893 ação ordinária da Totvs, que emitirá 4,464 milhões de ações para fazer jus à operação.

Efetuados todos os passos, a Datasul passará a ser subsidiária integral da Totvs, com seus acionistas detendo 14,3% do capital. A Datasul também terá seu registro de companhia aberta cancelado.

Em outro comunicado as empresas destacam que a junção de seus negócios formará a maior empresa de software de gestão integrada atuante no Brasil e também a maior sediada em países emergentes.

As empresas combinadas assumirão a segunda posição em participação de mercado na América Latina e constituirão a nona maior empresa de software de gestão integrada no mundo.

Somados os últimos 12 meses encerrados em março de 2008, as operações apresentaram uma receita bruta (pro-forma não auditada) de R$ 778 milhões e geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 155 milhões, com margem superior a 22%.

As companhias também destacam que além do fortalecimento das operações no mercado brasileiro, fica ampliada a capacidade de atendimento ao mercado externo, uma vez que a Totvs e a Datasul passarão a atuar de forma coordenada em mais de 18 países.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.