Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Acionistas aprovam incorporação do BEP pelo Banco do Brasil

SÃO PAULO - A incorporação do Banco do Estado do Piauí (BEP) pelo Banco do Brasil (BB) foi aprovada hoje em assembléia geral de acionistas das duas instituições. Com a incorporação, o BB, que já conta com 60 agências no Piauí, passará a ter 67.

Valor Online |

O número de clientes do Banco do Brasil no estado passará de 658 mil para 748 mil.

A transação será feita por meio da emissão de 2.930.649 ações do BB. Pelo valor das ações do banco federal hoje na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), de R$ 14,25, a transação estaria avaliada em R$ 41,7 milhões.

O protocolo de incorporação aprovado pelos acionistas esclarece que o banco piauiense foi avaliado por um valor econômico de R$ 81,7 milhões, considerando o fluxo de caixa descontado.

O BB, no entanto, foi avaliado pela média da cotação das ações negociadas na Bovespa nos 90 dias corridos antes da data base de 30 de junho. Por conta disso, o valor atual da ação do BB é mais baixo que o usado como referência para a transação, de R$ 27,8713.

A relação de troca, que foi aprovada pelo conselho de administração dos dois bancos, foi acertada em 1 ação ON do BB para cada 4,60241693 ações ON do BEP.

Os acionistas dissidentes do Banco do Estado do Piauí poderão escolher entre vender as ações pelo seu valor econômico, conforme apurado em laudo de avaliação, a R$ 6,0558 por ação (condição mais vantajosa), ou pelo valor patrimonial, de R$ R$ 5,5571 em junho deste ano.

Se considerada a cotação de hoje das ações do BB, vender as ações pelo valor econômico seria mais lucrativo para os acionistas do BEP.

O Banco do Brasil ressalta, no entanto, que o direito de recesso dos acionistas do BEP não se aplica às ações adquiridas após o dia 10 de novembro de 2008.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG