Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Accord vence Passat

Recém-lançado no Brasil e com preço de tabela de R$ 144.500, o Accord EX V6 é o automóvel mais sofisticado vendido pela Honda em nosso mercado.

Agência Estado |

O Passat 3.2 V6, que parte de R$ 168.820, exerce o mesmo papel na linha de carros de passeio da Volkswagen .

Essa substancial diferença de preço entre eles (R$ 23.320) seria suficiente para dar a vitória ao sedã Honda. Porém, o japonês Accord ainda tem peças de reposição e seguro mais baratos. E com isso justifica sua posição de vencedor deste comparativo.

Mas o alemão Passat dá mais satisfação ao motorista e tem lista de itens de série maior que a do rival. No entanto, essas boas características do VW não justificam o fato de seu preço ser tão superior ao do Honda.

O Accord aposta no conforto e na eficiência mecânica. Quatro pessoas viajam nele com fartura de espaço. Em relação à geração anterior, agora o modelo tem 7 centímetros a mais de entreeixos. Os passageiros do banco traseiro se sentam em posição mais elevada e acomodam melhor suas pernas. Já o porta-malas deste sedã, com 446 litros (ante 485 l do Passat), é menor e pior de usar.

O motor V6 de 3,5 litros e potência de 278 cv do Honda traz a tecnologia VCM, sigla para gerenciamento variável dos cilindros. O recurso permite ao propulsor funcionar, conforme a demanda, com três, quatro ou seis cilindros. O objetivo é reduzir consumo de combustível e emissões de poluentes. Na estrada é possível notar o funcionamento do recurso.

Além do espaço interno, o Accord tem suspensão voltada ao conforto, suavizando as irregularidades do piso. Sua direção é mais pesada em manobras, mas mantém-se precisa em velocidade. E o motor esbanja vigor quando exigido. Seu câmbio automático adapta-se ao estilo do motorista, mas não oferece acionamento seqüencial manual, como no VW.

O Passat, por sua vez, traz apelo esportivo. Seus pneus são 235/45, com largura superior aos 225/50 do Accord. A suspensão, independente nas quatro rodas (como a do Honda), conta com acerto mais firme e transmite mais ao volante as características do piso.

Mesmo com peso maior e motor menor - 3.2 de 250 cv -, o Passat tem acelerações vigorosas. Isso resulta da combinação do torque quase igual ao do rival, disponível em rotação mais baixa, com tração nas quatro rodas e câmbio de seis marchas de dupla embreagem. A caixa mostra suavidade na cidade e rapidez nas trocas manuais. E a injeção direta dá eficiência ao propulsor alemão.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG