Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ação da Vale segue em alta e ajuda a puxar Bovespa

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) deixa de lado a instabilidade externa e começa a quinta-feira apontando para cima. Com cerca de meia hora de pregão, o Ibovespa registrava elevação de 1,25%, aos 40.

Valor Online |

632 pontos, com giro financeiro em R$ 252 milhões.

O destaque segue com as ações da Vale, que concentram o fluxo comprador. Há pouco, o papel PNA ganhava 2,62%, a R$ 30,84. A ação ON aumentava 1,94%, a R$ 36,10.

Desempenho positivo também para o ativo PN da Petrobras, que subia 0,93%, a R$ 25,94. Ontem, a estatal teria conseguido captar US$ 1,5 bilhão com a emissão de bônus, pagando 8,125% ao ano.

Depois de quedas acentuadas no fim do pregão de ontem, as construtoras voltaram a ganhar valor. Rossi ON avançava 3,50%, para R$ 4,13, e Cyrela ON tinha alta de 4,56%, a R$ 10,30.

No front externo, os índices futuros em Wall Street, operavam sem tendência definida, com agentes reagindo a dados corporativos e vendas de varejistas. A Wal-Mart surpreendeu com as vendas no quesito mesmas lojas ao verificar crescimento de 2,1% em janeiro.

Na Europa, os indicadores firmaram posição em território negativo. Conforme o esperado, o Banco da Inglaterra (BoE) cortou a taxa de juro do país em 0,5 ponto percentual. para 1% ao ano. Já o Banco Central Europeu (BCE) manteve o custo do dinheiro em 2%, em linha com o previsto.

No câmbio, o pregão é instável, com dólar devolvendo os ganhos da abertura. Há pouco, a moeda valia R$ 2,305 na venda, diminuição de 0,12%.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG