Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Abiquim: importação de químicos cai 23,7% em janeiro

A desaceleração da economia mundial afetou o ritmo de negócios da indústria química nacional no primeiro mês de 2009. As importações apresentaram retração de 23,7% ante o mesmo mês de 2008, para US$ 1,9 bilhão.

Agência Estado |

As exportações brasileiras somaram US$ 614,7 milhões em janeiro, com queda de 34,5% em relação ao mesmo período do ano passado. Com isso, o déficit comercial do setor ficou em US$ 1,3 bilhão, ou 17,5% menor que o registrado em janeiro de 2008, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim).

Na comparação com dezembro, os indicadores da indústria química também apresentaram encolhimento em janeiro. As importações caíram 14,2%, enquanto as exportações recuaram 26,4%. Segundo a Abiquim, além da desaceleração econômica, outro fator preponderante para os fracos resultados do setor foi a restrição ao crédito no mercado mundial.

A indústria brasileira também reduziu as importações e exportações quando considerados os volumes negociados. As vendas internacionais somaram 681,4 mil toneladas de produtos químicos, uma queda de 19% em relação a janeiro de 2008 e de 31,1% em relação a dezembro do ano passado. Já as importações totalizaram 1,2 milhão de toneladas em janeiro, queda de 55,7% em relação a janeiro de 2008 e de 9,8% em relação a dezembro do ano passado.

O principal destaque da balança exportadora foi o segmento de resinas termoplásticas, com vendas de 114,8 mil toneladas (US$ 96,5 milhões). O volume representa uma alta de 32,5% em relação a janeiro de 2008 e de 28,5% sobre dezembro do ano passado. Na ponta importadora, o segmento mais representativo continua sendo a área de intermediários para fertilizantes, com importações de 299 mil toneladas (US$ 156,2 milhões). O montante representa queda de 77,8% frente a janeiro de 2008 e de 24,8% sobre dezembro do ano passado.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG