A Associação Brasileira da Indústria Eletroeletrônica (Abinee) projeta que o faturamento do setor de informática terá crescimento de 12% este ano, chegando a R$ 39,511 bilhões. É o maior crescimento esperado entre os setores que compõem a indústria eletroeletrônica, seguido por equipamentos industriais (10%), Geração, Transmissão e Distribuição - GTD (6%), material de instalação (4%), automação industrial (3%) e componentes (2%).

O setor de utilidades domésticas terá faturamento semelhante ao do ano passado, enquanto a receita da área de telecomunicações deve cair 9% este ano.

As vendas de computadores pessoais devem se manter no patamar de 12 milhões de unidades, registrado em 2008. No ano passado, as vendas de desktops caíram 5%, queda que deve ser acentuada para 22% em 2009. Já as vendas de notebooks devem aumentar 40% este ano, ante o crescimento de 125% do ano passado. No quarto trimestre, as vendas de PCs caíram 9%, as de desktops recuaram 26%, e as de notebooks tiveram queda de 41%. Nas exportações da indústria eletroeletrônica, informática foi o único setor a apresentar queda (-12%).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.