SÃO PAULO - O mercado de cartões deve fechar o ano de 2008 com um crescimento de 24% no valor total de compras. A nova estimativa da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs) prevê que os brasileiros gastarão neste ano R$ 387,5 bilhões em compras com cartões, aí incluídas as operações com plásticos de crédito, de débito e os de lojas e redes.

Esse montante será movimentado com os quase 500 milhões de plásticos que estarão em circulação no país no final de dezembro, um aumento de 14% sobre a base de 2007.

Segundo a entidade, que antes previa um aumento de 20% no volume financeiro movimentado com cartões neste ano, a nova projeção leva em conta o ritmo acelerado de crescimento observado na primeira metade deste ano, de 24%, que levou a um total de R$ 176,2 bilhões em compras com cartões.

Para o número de transações a entidade agora prevê aumento de 20%, contra estimativa anterior de 17%. Segundo a Abecs, serão neste ano 6,1 bilhões de operações feitas com cartões no país.

Além do consumo aquecido, a entidade atribui a expansão também à substituição dos meios de pagamento. A modalidade de débito, por exemplo, é uma das que mais cresce e deve movimentar neste ano R$ 110 bilhões, com aumento de 30%.

Para os cartões de crédito, o valor de compras deve superar o de outros meios de pagamentos e totalizar R$ 224 bilhões, mas o crescimento será um pouco mais modesto, de 22% em relação a 2007
Já os cartões de loja e de rede terão R$ 53 bilhões em compras no final de 2008, com elevação de 19% perante o ano passado.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.