Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Abastecimento de gás na França não está ameaçado, diz ministro

Paris, 7 jan (EFE).- O abastecimento de gás na França não está ameaçado pelo corte total do envio de gás russo para a Europa através de território ucraniano, disse hoje o ministro de Energia e Desenvolvimento francês, Jean-Louis Borloo.

EFE |

O ministro disse à imprensa que "85% de nosso gás não passa pela Ucrânia nem vem de fornecedores russos".

Acrescentou que, "no que diz respeito aos franceses", estes "não correm perigo de abastecimento".

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, aprovou hoje o corte do fornecimento de gás à Europa por território ucraniano, após o chefe do consórcio Gazprom garantir que a Ucrânia paralisou o trânsito e está desviando o combustível. EFE jaf/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG