Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

A ministros, Lula confirma novas medidas anticrise até o final do mês

BRASÍLIA - Preocupado em evitar um aumento nas demissões, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou hoje na reunião de coordenação do governo que novas medidas anticrise devem ser adotadas até o fim do mês. Mas serão medidas precisas, para não errar o alvo e impedir um aprofundamento da desaceleração, relatou o ministro das Relações Institucionais, José Múcio.

Valor Online |

O ministro explicou que já existem alternativas em discussão na área econômica. Mas destacou que "a situação é delicada" e ações futuras do governo contra a contaminação da crise financeira mundial vão precisar de muita discussão "para serem precisas".

O governo tem a convicção de que o primeiro trimestre é que vai nortear o comportamento da economia brasileira no resto do ano, continuou Múcio.

De qualquer forma, prosseguiu ele, Lula vai aguardar o retorno dos ministros da Fazenda, Guido Mantega, e do Planejamento, Paulo Bernardo, que estão em férias e devem retornar na próxima semana.

Da reunião semanal de coordenação política, onde também se tratou de temas como a sucessão nas mesas do Senado e da Câmara, participaram, além de Lula, Múcio e o vice-presidente, José Alencar, os ministros da Casa Civil, Dilma Rousseff; da Secretaria-Geral, Luiz Dulci; e da Justiça, Tarso Genro.

(Paulo de Tarso Lyra | Valor Econômico, para o Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG