Tamanho do texto

A história dos RPGs 1975 - RPGs de texto, surgidos em grandes computadores, descreviam as situações como livros. O primeiro a fazer sucesso foi Dungeon.

1983 - Os RPGs digitais ganham gráficos mais elaborados, com cores. Ultima III, para computadores pessoais, se destacou e influenciou todos os RPGs que vieram depois.

1987 - Dungeon Master inaugura o conceito de inventários controlados pelo jogador, presente em quase todo RPG atual. Esses inventários ajudam a deixar o jogo equilibrado, limitando excessos.

1995 - Chrono Trigger, para o Super Nintendo, inaugurou a era dos RPGs milionários, com produção bem cuidada e história envolvente.

1997 - Fallout, para PC, marca o nascimento da ficção científica distópica nos RPGs
1997 - Primeiro RPG a usar filmes em computação gráfica, Final Fantasy VII, para PlayStation e PC, apresentou para muita gente o conceito de RPG e cativou pela história trágica.

1998 - O RPG entra definitivamente no mundo 3D com Zelda: Ocarina of Time, para o Nintendo 64
1999 - Everquest coloca o RPG online no mapa. Anos depois, com World of Warcraft, milhões de jogadores se renderiam ao fenômeno.