Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

A fim de reforçar caixa, State Street corta dividendo e bônus

SÃO PAULO - O State Street, instituição financeira dos EUA especializada em custódia de ativos, praticamente eliminou o dividendo e reduziu os bônus para ampliar sua base de capital sem diluir a participação dos acionistas atuais. A empresa diminuiu o dividendo trimestral de US$ 0,24 para US$ 0,01 por ação em 2009 e acabou com os bônus para seus cinco principais executivos referentes a 2008. Além disso, cortou pela metade benefícios de incentivo para o restante do pessoal.

Valor Online |

Com a mudança no dividendos e nos bônus, o State Street atualizou seus números de 2008 - em vez de um lucro de US$ 3,89, obteve ganho de US$ 4,30 por papel. O ganho do quarto trimestre de 2008 passou de US$ 0,15 para US$ 0,54 o papel.

Para o ano completo e trimestre, a receita foi mantida em US$ 10,19 bilhões e US$ 2,67 bilhões, respectivamente.

Quanto à 2009, a instituição espera uma queda de 8% a 12% na receita operacional e de 12% a 16% no lucro operacional por ação.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG