O grupo americano 3M prepara um corte de 1,8 mil empregos para o fim do ano e suspenderá o pagamento de prêmios em 2009, segundo o jornal Minneapolis Star Tribune. A supressão de postos acontece em função da crise econômica atual, já que a 3M revisou para baixo, em outubro, suas previsões anuais.

O corte, que se soma a outros 1,6 mil já anunciados, deve ser implementado na América do Norte, Europa Ocidental e outros países desenvolvidos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.