Atualmente, 28,3% das franquias do Brasil estão na área de alimentação e 21,7% de Saúde, Beleza e Bem-Estar; conheça algumas que fogem do padrão

Brasil Econômico

PremiaPão é uma rede de franquias que vende espaços publicitários em sacos de pão e está no mercado desde 2015
Divulgação
PremiaPão é uma rede de franquias que vende espaços publicitários em sacos de pão e está no mercado desde 2015

Apesar do período de crise econômica que o Brasil enfrentou nos últimos anos, o setor de franquias se manteve em constante crescimento. Desde 2013, o setor apresenta evolução em relação a faturamento, números de unidades e empregos gerados. Isso possibilitou que novos negócios surgissem e, entre eles, é possível encontrar algumas opções inusitadas.

Leia também: Candidato negro aprovado em concurso público para juiz não preencherá cota

De acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira de Franchising ( ABF ), o setor de franquias registrou crescimento de 8% em 2017, fechando o ano com a receita de mais de R$160 bilhões. As redes de Saúde, Beleza e Bem-Estar foram as que mais se destacaram, com crescimento de 12,1% em faturamento. Já o segmento de Hotelaria e Turismo aumentou 9,7%, enquanto o de Serviços e Outros Negócios cresceu 9,2%.

Atualmente, entre as 2.845 marcas em operação no Brasil no franchising, 28,3% são da área de alimentação e 21,7% de Saúde, Beleza e Bem-Estar. No entanto, há espaço no mercado para redes que fogem do tradicional, com negócios inovadores. Veja abaixo algumas empresas inovadoras que se tornaram franquias:

1) Clube de Permuta

É uma plataforma de relacionamento empresarial de compra e venda de produtos e serviços por permuta multilateral. A empresa começou em Belo Horizonte, em Minas Gerais, no ano de 2012 e entrou para o mercado de franchising em 2015.

Com doze unidades em atividade, já movimentou mais de R$70 milhões em negociações e conta com cerca de 550 associados. Para se tornar um franqueado, é preciso investir a partir de R$100 mil, mas o valor varia de acordo com o tamanho da cidade. O tempo de retorno é de 16 a 22 meses.

2) GEmotion

Trata-se de uma rede de franquias de entretenimento que trabalha com máquinas de realidade virtual em 9D – novidade no mercado brasileiro. O equipamento pode ser instalado em locais de grande fluxo de pessoas como supermercados, shoppings, galerias, aeroportos, metrôs e grandes eventos.

A rede foi lançada em setembro de 2017 na cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Atualmente, o negócio possui três unidades abertas. O investimento inicial para adquirir o equipamento é de R$90 mil, com prazo de retorno de seis a oito meses.

3) Mister Multas

Criada em 2017, a Mister Multas é uma empresa especializada em soluções para quem está com problemas com a carteira de habilitação e multas de trânsito. De Tatuí, interior de São Paulo, a empresa conta com seis unidades atualmente. O investimento inicial para abertura é a partir de R$79 mil, com tempo médio de retorno previsto para nove meses.

4) Nutrimais

Nutrimais é a primeira e maior rede de franquias de agronegócios na área de saúde animal. Fundada em 2012, a empresa conta com 110 franqueados em diversas regiões do Brasil. A rede comercializa alimentos para diferentes tipos de animais rurais, como bovinos, equinos, ovinos, caprinos, suínos e aves.

Enriquecidos com probióticos, prebióticos e com fontes de proteína e energia, esses produtos contribuem para o equilíbrio do metabolismo do rebanho, promovendo um melhor aproveitamento dos nutrientes. Até o momento, conta apenas com um modelo de negócio, o de vendas porta a porta.

Leia também: Cesta básica fica mais barata em 16 capitais; confira a variação de cada produto

A vantagem de se tornar um franqueado é o baixo valor de investimento inicial, que é de R$34.900 e já inclui uma tonelada de produto para iniciar o negócio. O prazo de retorno desse valor é de três a seis meses.

5) PremiaPão

Criada em 2015, a PremiaPão é uma rede de franquias que vende espaços publicitários em sacos de pão. Com 269 unidades espalhadas por todo o país, a rede se notabiliza por sortear prêmios para quem adquire os sacos de pão. Na prática, ofranqueado deve buscar novas empresas para vender os espaços publicitários.

Exclusivamente em modelo home based e um investimento inicial a partir de R$ 8 mil e tempo médio de retorno de um a quatro meses, a PremiaPão ganhou forte destaque devido a sua versatilidade e sua lucratividade.

6) Quinta Valentina

Sem ponto físico, a Quinta Valentina comercializa sapatos por venda direta. O cliente recebe o franqueado em casa, com os produtos previamente selecionados, seguindo seu estilo e necessidade. Este formato de negócio permite um investimento baixo, de  R$27 mil, com prazo de retorno de três a doze meses. Atualmente com 306 franqueados pelo Brasil, a rede faturou R$13 milhões em 2017.

7) 3S Tecnologia

A 3S Tecnologia é uma rede especializada em gestão e monitoramento de frotas automotivas. Criada em 2005, a empresa já recuperou mais de 1.800 veículos. Um dos diferenciais está no Imobilizador, dispositivo que já recuperou 100% dos automóveis nos quais estava instalado. Para ser um franqueado da rede, é necessário fazer um investimento inicial de R$150 mil e o prazo de retorno é de até 24 meses.

8) Precatório

Criada no primeiro trimestre de 2016, a Franquia de Precatórios tem como lógica de mercado a negociação e compra de precatórios a valores competitivos e passíveis de investimentos futuros. Única em seu segmento, a Franquia de Precatórios trabalha a compra de precatórios federais.

A comercialização de precatórios está em crescimento constante, anualmente são expedidos 80 mil novos precatórios. Atualmente a rede conta com 130 franqueados e movimentou R$12 milhões em 2017. A taxa de franquia é  de R$20 mil, podendo ser paga em 4 parcelas semestrais. O tempo para retorno do investimento fica entre 3 a 6 meses.

9 )Urban

Criada em 2009, a Urban Arts é a primeira franquia de arte do Brasil. A rede conta com mais de 40 mil obras autorais com tiragem limitada de mais de 4 mil artistas independentes do Brasil e do mundo. Além dos quadros, a empresa também comercializa almofadas, lambe-lambes e sketchbooks.

As 18 galerias espalhadas pelo país possuem ambiente moderno exclusivo e inovador, que chama a atenção de consumidores e profissionais do ramo de decoração em busca de artigos para presente ou decoração de suas casas e escritórios. Com investimento inicial a partir de R$190 mil, os interessados em abrir o negócio recebem toda a orientação dos especialistas da rede.

10) Ótris

Criada em 2010 por Caio Katayama, a Ótris é uma empresa de cobrança focada em pequenas e médias empresas. Na prática, o franqueado trabalha para recuperar valores devidos por inadimplentes às empresas.

Leia também: Instituto tenta barrar aumento dos planos de saúde na Justiça

Desde a sua abertura, a empresa já conseguiu devolver cerca de R$4 milhões para os empresários. O investimento indicado para abrir franquias da empresa é de R$80 mil, com previsão de retorno prevista para 18 meses.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.