Segundo a agência reguladora, as companhias Gol e Latam lideram o mercado doméstico com participação de 37,4% e 32,1%, respectivamente

Brasil Econômico

Demanda de voos domésticos têm alta de 3,6% no mês de julho, informou nesta quarta-feira (13) a Anac
Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas
Demanda de voos domésticos têm alta de 3,6% no mês de julho, informou nesta quarta-feira (13) a Anac


Dados da Agência Nacional da Aviação Civil (Anac) divulgados nesta quarta-feira (13) apontam que a demanda de transporte aéreo doméstico teve alta de 3,6% no mês de julho ao se comparar com o mesmo período do ano passado. No acumulado dos sete meses de 2017, a demanda registrou alta de 1,1%, também em comparação com igual período do ano anterior.

Leia também: Maior parte dos imóveis de São Paulo terá IPTU corrigido pela inflação

A Anac informou ainda que a oferta registrou alta de 4,4% no mês, após queda em junho. A oferta (em assentos-quilômetros ofertados) acumulou crescimento de 0,2% nos primeiros sete meses o do ano. Em julho deste ano, 8,3 milhões de passageiros foram transportados em voos domésticos, o que representou aumento de 3% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Companhias

A Agência informou no balanço do mês de julho que as companhias aéreas Gol e Latam permanecem na liderança no mercado doméstico, com participação de 37,4% e 32,1%, respectivamente. A soma das demais empresas que ofertam este tipo de transporte cresceu 9,1% em junho deste ano na comparação com julho de 2016 e alcançou 30,5% da demanda doméstica.

No mês apurado pela Anac, a Latam registrou uma baixa de 6%, na comparação com igual período do ano anterior, enquanto a Avianca alcançou a maior variação positiva em RPK entre as quatro principais empresas aéreas, com 20,2%. As empresas Gol e Azul apresentaram crescimento de 5,7% e 9,5%, respectivamente.

Em julho deste ano, a taxa de aproveitamento dos assentos das aeronaves no mercado doméstico foi 83,9%, que representou baixa de 0,7% em relação ao mesmo período do ano passado. O transporte de carga paga e correio no mercado doméstico, no mês de julho, foi da ordem de 36 mil toneladas, o que representou alta de 0,3% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Leia também: Entenda por que investir em franquias é uma boa opção

Mercado internacional

Ainda segundo balanço da Anac, a demanda internacional das empresas brasileiras apresentou aumento de 19%, sendo este o 10º mês consecutivo de alta. A oferta cresceu 18,2% nesse período, o que representou o 9º aumento consecutivo. Durante o mês de julho, foram transportados 813 mil passageiros pagos em voos internacionais. Os três indicadores alcançaram o seu maior nível para um único mês na série histórica iniciada em 2000.

Leia também: Setor de serviços recua 0,8% em julho, após duas altas seguidas, aponta IBGE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.