O Índice da Bovespa começou a segunda-feira (19) em alta, após registrar baixa de 0,93% na semana passada, devido a queda nas ações da Vale

Brasil Econômico

Na quinta-feira (15),  o Índice da Bovespa avançou 0,15% aos 61.922 pontos
iStock
Na quinta-feira (15), o Índice da Bovespa avançou 0,15% aos 61.922 pontos

O Índice da Bovespa (Ibovespa) começou esta segunda-feira (19) em alta, após registrar baixa de 0,93% na semana passada, devido a queda nas ações da Vale. Porém, mesmo com o acréscimo de 0,76% aos 62.094 pontos, investidores se mantêm cautelosos diante das incertezas políticas e econômicas que cercam o País.

Leia também: Inflação do aluguel tem queda de 0,61% na segunda prévia de junho, diz FGV

No pregão iniciado às 10h00, a Bovespa evidenciou as ações da Vale como as maiores contribuintes para o resultado positivo do índice, uma vez que apresentaram alta de mais de 4% nas ações ordinárias e mais de 3% nas preferenciais. Vale ressaltar que as ações da Petrobras e de bancos, também cresceram no período, influenciando positivamente o resultado. Em contrapartida, a JBS apontou a maior perda, com recuo de mais de 3%.

Pregão anterior

Na sexta-feira (16), o Ibovespa operava em queda de 0,49% aos 61.618 pontos, influenciado pelos decréscimos nas ações da Petrobras e dos bancos. Além disso, houve impacto também dos ajustes ao movimento dos recibos de ações nos Estado Unidos ( ADRs ), realizados na quinta-feira (15), quando o mercado acionário brasileiro encontrava-se fechado por conta do feriado de Corpus Christi.

Leia também: Mercado financeiro diminui projeção de inflação e PIB, diz Banco Central

Ainda no pregão de sexta, as ações da Petrobras lideravam o ranking de perdas, com um recuo de 2,5%, em sentido oposto aos preços do petróleo no mercado internacional. As ações da Vale, do Bradesco e do Itaú Unibanco também contribuíram para a baixa do índice.

Contexto atual

As adversidades no cenário político e econômico brasileiro vêm impactando mutuamente os resultados da bolsa, fazendo com que investidores ainda não se sintam confiantes para ingressarem novos negócios e projetos. Além disso, nesta semana, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pode apresentar uma denúncia contra o presidente Michel Temer, com alegações de corrupção e obstrução de justiça, baseado na delação do empresário Joesley Batista.

É importante lembrar que na quinta-feira, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), expôs que o recesso parlamentar, com início previsto para 18 de julho, pode ser suspenso diante dos últimos acontecimentos envolvendo Temer. No mesmo dia, o Índice da Bovespa avançou 0,15% aos 61.922 pontos.

Leia também: Amazon anuncia a aquisição da Whole Foods por US$ 13,7 bilhões

    Leia tudo sobre: Bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.