Opções de investimento são de diferentes setores e variam entre R$ 450 e R$ 24.900; conheça o trabalho de algumas opções e os valores de cada uma

Brasil Econômico

Investir em franquias com o saque do FGTS pode ser uma boa opção para quem deseja ter um negócio próprio
shutterstock
Investir em franquias com o saque do FGTS pode ser uma boa opção para quem deseja ter um negócio próprio

Na próxima sexta-feira (12), será liberado o terceiro lote para o saque de contas inativas do FGTS dos brasileiros nascidos em junho, julho e agosto. Uma das opções para quem vai receber uma quantia é investir em franquias.

Leia também: Franquias têm faturamento 9,4% maior no primeiro trimestre, diz pesquisa

Quem tem a ideia de abrir um negócio próprio conta com diversas opções a preços reduzidos, ideais para quem deseja utilizar os valores obtidos por meio do FGTS. Confira algumas opções e seus respectivos custos:

1) Cosmetic Green - R$ 450

Especializada em cosméticos, beleza e estética, a empresa comercializa as principais marcas do mercado, produtos de alta tecnologia com associação de princípios ativos naturais. A eficácia dos produtos da Cosmetic é garantida por testes clínicos.

2) ECO1 - R$ 6.750

A empresa fabrica e vende lavadoras a vapor que podem ser usadas em lavagens de veículos, ambientes hospitalares, corporativos e indústrias. O equipamento proporciona até 95% de economia de água, se comparado a limpezas convencionais e consome 30% menos energia.

Leia também: FGTS: saques das contas inativas não impactam financiamentos imobiliários

3) Cooper Kap - R$ 7.990

Esta rede trabalha com tapetes personalizados para empresas. Na ativa desde 1977, a empresa optou por entrar para o setor de franquias no ano de 2015, oferecendo um negócio a preços baixos para os investidores.

4) Belinda - R$ 9.900

Microfranquia de venda direta de semijoias, a Belinda trabalha com acessórios vendidos diretamente para os interessadas pelos produtos. Os franqueados visitam um local de preferência da cliente e mostram a gama de produtos disponíveis.

5) Quinta Valentina - R$ 20.000

Iniciada como uma loja física de sapatos, a empresa mudou o modelo de atuação após os fundadores notarem que a maioria das vendas eram feitas a domicílio, por mulheres que não tinham tempo de sair para comprar sapatos. Dessa forma, se tornaram uma rede de venda direta de sapatos e já possuem mais de 250 unidades.

6) Balão da Informática - R$ 20.000

Atuando no mercado do varejo de informática e eletrônicos há mais de 20 anos, a emrpesa começou seus projetos com lojas físicas e rapidamente entrou para o e-commerce como uma das pioneiras de seu segmento. No ano passado, resolveu encerrar a operação própria de lojas físicas e entrar para o franchising.

Leia também: Entenda por que o internet banking está perdendo espaço para os aplicativos

7) Conserta Smart - R$ 24.900

Rede de assistência técnica que começou em 2014. Ao notar a falta de atendimentos rápidos para consertos de celulares e smartphones, o empresário Felipe Marchese resolveu fundar a sua própria. Posteriromente, abriu o negócio para franquias e já conta com 276 lojas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.